top of page

Gôndolas de Supermercado: 4 dicas para organizá-las

Atualizado: 18 de out. de 2022

Se o assunto é aumentar as vendas no seu estabelecimento, técnicas e dicas é o que não faltam para compartilharmos. Todavia, as gôndolas de supermercado contam com dicas para montá-la perfeitamente, especialmente se você está sofrendo com excesso de produtos estocados.

Apesar de as gôndolas de supermercado não terem a devida atenção por parte dos empresários e gestores, elas podem impactar significativamente nas suas vendas.

Podemos dizer que elas são uma espécie de ativador para fazer com que os clientes se sintam influenciados pela disposição dos produtos no interior da loja.

Agora, se você está pensando que tudo isso só serve para ser aplicado em grandes supermercados, você está enganado! Essas técnicas de organização das gôndolas de supermercado podem ser realizadas, até mesmo, em minimercados.

Contudo, será um desafio, mas totalmente possível organizar estrategicamente as gôndolas desse pequeno estabelecimento.

Neste artigo, iremos apresentar o que são as gôndolas de supermercado, como organizá-las e por que elas são tão importantes quando falamos sobre vender mais. Boa leitura!

O que são as gôndolas de supermercado?

Primeiramente, é necessário entender o que é, de fato, uma gôndola. Ela nada mais é do que um móvel utilizado pelos comerciantes a fim de expor os seus produtos, ou seja, são uma espécie de prateleiras.

Assim, esses itens se tornam fundamentais em uma estrutura de qualquer comércio, principalmente quando falamos de supermercados.

Qual a importância de organizar as gôndolas de supermercado?

Antes de qualquer coisa, responda: você está buscando aumentar as suas vendas? Se a resposta for positiva, então saiba que a organização das suas gôndolas fará diferença nesse resultado final.

Atualmente já não basta um bom mix de produtos, preços competitivos, bons profissionais atuantes e condições de pagamento diferenciadas.

É preciso investir em estratégias que cativem a atenção do seu consumidor, e uma dessas técnicas é a organização das gôndolas de supermercado.

Pense conosco: se o local onde ocorrem as vendas não está atrativo, estando até mesmo bagunçado, o cliente não encontra o que ele busca, logo, sai sem efetuar nenhuma compra.

Nesse sentido, surge a necessidade de conhecer o comportamento dos seus consumidores, pois é ali que está todo o segredo das estratégias de organização dessas gôndolas. Aqui não estamos falando apenas da organização visual dos produtos, mas sim, de onde cada qual deve estar e em quais posições, visto que isso interfere diretamente.

4 dicas para contar com uma boa organização de gôndolas de supermercado

1. Conheça os principais modelos de organização

De antemão já vamos compartilhar a principal informação aqui: existem 4 formas de organizar as gôndolas de supermercado, sendo elas:

  • Vertical

Nesta disponibilização de produtos, eles ficam mais fáceis de serem visualizados pelo consumidor. Além disso, chama bastante a atenção por conta do seu forte impacto visual.



  • Horizontal

Aqui poderá haver dificuldade na hora de visualizar cada produto, já que eles estão dispostos em níveis horizontais. Entretanto, a vantagem está naqueles itens que se encontram exatamente no nosso campo de visão, isto é, certamente são eles os mais vendidos.



  • Blocos


Esse modelo todos nós já vimos em algum supermercado. É bastante utilizado e ele costuma guiar a jornada de compra do cliente, pois os produtos são organizados lado a lado por marcas e tipos. Desse modo, o cliente consegue analisar informações de um produto ou outro, e assim comparar qual está mais de acordo com as suas necessidades.



  • Sazonais


Quem nunca se deparou com uma torre enorme de panetones na entrada do supermercado bem na época de Natal? Essa é uma estratégia frequentemente utilizada pelos estabelecimentos comerciais e funciona muito bem.

Esse modelo de organização de gôndolas de supermercado é excelente para gerar uma visualização de produtos que são temporários, haja vista que dessa maneira o consumidor irá adquirir mais produtos daquele tipo.



2. Conheça os níveis de cada gôndola

Tenha em mente que nenhum produto deve ser colocado onde ele se encontra sem uma técnica por trás, isto é, aleatoriamente.

Veja abaixo os níveis em que os produtos se destacam melhor:


  • No chão

Nós recomendamos que nesta linha de distribuição em uma prateleira, você coloque apenas os produtos de maior peso, já que eles podem causar acidentes se colocados em lugares mais altos.

Dessa forma, independente do produto, se ele for pesado, coloque nessa região da gôndola.

  • Abaixo da cintura

A ideia aqui é reservar essas prateleiras para itens com um preço mais em conta, mas que em contrapartida vendem muito bem.

  • Na linha da cintura

Os itens dispostos aqui serão facilmente localizados pelo nosso campo de visão, isto é, indicamos que essa área seja destinada a todos os produtos com uma boa procura e saída.


  • Na altura dos olhos

O lugar de ouro das gôndolas de supermercado! É aqui que o produto que mais precisa de destaque deve estar e, por isso, o ideal é disponibilizar os itens de maior lucratividade e procura.

Os chocolates, por exemplo, são excelentes produtos para serem armazenados por ali, visto que as pessoas levam pelo simples ato do impulso.

  • Acima da cabeça

Sabe aquele produto que você precisa ter no seu estabelecimento, mas que não tem uma saída em alto volume? Então é aqui que eles devem ficar.

3. Saiba quais são os pontos de maior circulação

Todo supermercado conta com um local onde há maior concentração de pessoas, nós chamamos de ponto quente essa localização.

Ao mesmo tempo, há um local onde o fluxo de clientes é menor, ou seja, é o ponto frio.

Para conseguir essas informações de maneira eficaz, é preciso parar para analisar com calma a estrutura do espaço, mas logo após essa conclusão final ficará muito mais fácil investir em técnicas que irão aumentar as suas vendas.

Com a área de maior circulação definida, você poderá direcionar produtos com maior lucratividade pra lá. Do contrário, o gestor ainda consegue estimular a compra com itens de baixa saída, se vier a colocá-los nesta região.

4. Use e abuse das pontas das gôndolas



Muita gente desconhece essa dica, mas as pontas das gôndolas de supermercado, são pontos estratégicos para vender mais.

O motivo é muito simples, e você mesmo pode se autoanalisar em um supermercado para entender o que estamos falando. Basta perceber que o que notamos mais rapidamente são os itens que estão nas pontas das gôndolas, antes mesmo de passarmos a analisar o que está nas outras partes dela.

Uma dica bônus aqui é organizar as gôndolas de maneira vertical ou em blocos, mas respeitando o limite de até dois ou três itens.

A CBN Distribuidora é parceira de grandes varejistas

Como resultado de tudo isso, temos que concordar que cada setor da economia tem seus desafios, por exemplo, as lojas virtuais precisam atrair os clientes até o seu site, do contrário, não há vendas.

Por outro lado, o setor varejista precisa lidar com a estrutura física da melhor maneira possível, o que envolve distribuir os seus produtos de maneira estratégica nas gôndolas do supermercado.

Portanto, seja qual for o seu comércio, conhecer o seu público fará diferença em tudo que você realizar.

Agora, no que diz respeito à distribuição de produtos alimentícios, produtos de limpeza e higiene pessoal para clientes de pequeno ao grande varejo, conte conosco, pois nós trabalhamos com as melhores e mais confiáveis marcas do mercado!

Para esclarecer alguma dúvida sobre nossos serviços ou nos conhecer um pouco melhor, fale conosco clicando aqui.

Aproveite e leia também sobre como fazer propaganda do seu comércio.

Até breve!

67 visualizações0 comentário

Comments


    bottom of page